From the blog

Viagem à Alemanha sob o olhar de uma criança

O texto foi escrito pela Valentina, de 10 anos, que viajou conosco na companhia de seus pais em julho deste ano em um roteiro de 11 dias pela Alemanha, pensado para toda a família. Aqui, ela conta o que viu e o que aprendeu.

“Eu adorei essa viagem. Aprendi bastante sobre a história da Alemanha, comi comida boa, visitei lugares legais.

Assim que eu cheguei, eu fui pra Rotemburg, onde tinha uma loja de Natal enorme que fica aberta o ano inteiro. As casas na cidade eram lindas!

Observando as muralhas de Rothenburg ob der Tauber, na Rota Romântica

Depois fui para um hotel-castelo, que tinha um jardim muito lindo. Ali perto, tinha uma vinícola com um suco de uva delicioso.

Chegando no hotel-castelo

Em Hamburgo, eu fui na Filarmônica, que tinha escadas rolantes bem diferentes que faziam uma curva. Lá também tem um porto, e eu provei um peixe muito bom.

Em Berlim, passei o primeiro dia aprendendo um pouco sobre a história da cidade. Nos outros dias, eu e meus pais passeamos por lá, e fomos a um zoológico onde havia pandas, lobos, um urso polar e etc. No último dia, jantamos no parlamento, e eu adorei.

Durante a viagem eu também visitei várias cidadezinhas, cada uma com algo diferente. Uma loja em que tudo é de marzipã, uma salsicha de meio metro, um teleférico, uma biblioteca. Eu também visitei uma loja de chás e chocolates, comi comida grega, comi Schnitzel(que aliás, adorei) e conheci cidades com histórias legais, como uma cidade que foi salva pelas crianças e a cidade de Brémen, de onde veio a história dos músicos.

Vilarejos e vinhedos no vale do Reno. Enquanto os pais aproveitam os vinhos, a criançada se delicia com sucos de uva frescos e puros, da região.

Eu também visitei muitos museus, muitos castelos (e em um deles quem contava a história era uma lavadeira!) e muitas igrejas (a maioria luterana), e tive a sorte de em quatro delas haver órgãos tocando.

Visita guiada privativa no castelo de Heidelberg. A guia encarna um personagem de época e cada passeio é diferente. Aqui, ela representa uma lavadeira do castelo, direto de outro século…

Usei vários meios de transporte, sendo na viagem inteira: trem, metrô, carro (e um carro bem grande, que parecia uma van), barco, balsa, ônibus, e a gente foi e voltou pra Alemanha de avião.

Adorei a viagem, foi uma experiência incrível, e um dia quero voltar para a Alemanha.

Valentina”

Queremos agradecer com muito carinho à Valentina pelo texto tão sincero e espontâneo, e à família, por incentivar a escrita, o conhecimento e por autorizar o uso das imagens.

*Todo o texto foi escrito pela Valentina. Somente as legendas das fotos foram adicionadas por nós.

Conheça Alemanha do seu jeito: sem excursões, com viagens personalizadas e roteiros privativos

Entre em contato para mais informações sobre o nosso trabalho e nossas viagens com guias em português.

[email protected]